HOME
BRASILUSACANADAARGENTINAURUGUAYPARAGUAYVENEZUELA
Segunda-feira, 26 de Junho de 2017
Brasilia: 02:15    Roma: 7:15
> DIRETÓRIOS DE SITES
> NOTÍCIAS
> PROMOÇÕES
> CADASTRE-SE
> COMUNIDADE
HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO
ASSOCIAÇÕES ITALIANAS
INSTITUIÇÕES
FAMÍLIAS
GENEALOGIA
CIDADANIA
MURAL DE MENSAGENS
PESQUISA DE SOBRENOME
> ITÁLIA
REGIÕES ITALIANAS
CALCIO ITALIANO
FÓRMULA 1
SPORT
CINEMA ITALIANO
ARTES & ARTESANATO
MÚSICA
GASTRONOMIA
PIZZA
VINHOS
LÍNGUA ITALIANA
EMILIA-ROMAGNA TURISMO
VIAGGIO
VILLA & CHARME
BIBLIOTECA
SHOPPING ITÁLIA
> SERVIÇOS
OUTRA ECONOMIA
CURSOS ON LINE
DAVINCI
ITENETS
TRADUÇÕES
DICIONÁRIO
TEMPO
MAPA DO SITE
> NEGÓCIOS
CATÁLOGO DE EMPRESAS
BANCO DE CURRÍCULOS
OFERTAS DE EMPREGOS
OPORTUNIDADES
CÂMARAS ITALIANAS
FEIRAS
> ADMINISTRAÇÃO
- 25
13/02/2009 - I TEMPI COMPOSTI E GLI AUSILIARI
Aproveitando a dúvida apresentada pelo Adilson, vou dar algumas explicações sobre os verbos ESSERE e AVERE na função de VERBOS AUXILIARES DOS TEMPOS COMPOSTOS.

O Adilson quer saber por que alguns verbos aceitam os dois auxiliares - essere e avere. Na verdade, não é que alguns verbos aceitem os dois auxiliares, assim de acordo com a nossa vontade. Não, não é assim. Alguns verbos podem ter os dois auxiliares mas temos que prestar atenção ao sentido destes verbos nas frases que estamos construindo. Dependendo do sentido que eles assumirem na frase , ou usaremos auxiliar essere ou usaremos o auxiliar avere. São poucos os verbos que dependem apenas da nossa vontade... Por exemplo, os verbos PIOVERE (chover) e NEVICARE (nevar), aceitam seja essere, seja avere como auxiliar. Depende apenas da nossa vontade de usar ou um ou outro.

Exemplo:
- Ieri HA PIOVUTO. (Ontem choveu)
_ Ieri È NEVICATO. (Ontem nevou

Mas infelizmente não é sempre assim...

Há muitas regras mas todas tão cheias de exceções.... Vamos ver como podemos organizar um pouco esta "confusão".

Todo tempo composto - passato prossimo, trapassato prossimo, condizionale passato e tantos outros - é construído por dois verbos: um VERBO AUXILIAR e um VERBO PRINCIPAL. O VERBO AUXILIAR pode ser ESSERE ou/e AVERE - que podem estar conjugados nos mais diversos tempos, dependendo do tempo composto que eu for usar. Já o VERBO PRINCIPAL apresenta-se SEMPRE no PARTICÍPIO PASSADO, não importando o tempo composto que eu for usar. Vamos ver um exemplo no tempo composto do PASSATO PROSSIMO e outro exemplo no tempo composto do TRAPASSATO PROSSIMO:

PASSATO PROSSIMO:

Io HO PARLATO con Paolo.

HO = verbo auxiliar AVERE, que no passato prossimo está no presente.
PARLATO = verbo principal (PARLARE) no particípio passado.

Paolo È ANDATO al cinema.
È = verbo auxiliar ESSERE, que no passato prossimo está no presente
ANDATO = verbo principal (ANDARE) no particípio passdo

TRAPASSATO PROSSIMO

Era già tardi ed io non AVEVO ancora MANGIATO niente. (Já era tarde e eu ainda não tinha comido nada)

AVEVO = verbo auxiliar AVERE, que no trapassato está conjugado no imperfeito

MANGIATO = verbo principal (MANGIARE) no particípio passado.

Paolo ERA già ARRIVATO quando io sono arrivata. (Paolo já tinha chegado quando eu cheguei)

ERA = verbo auxiliar ESSERE, que no trapassato está conjugado no imperfeito
ARRIVATO = verbo principal (ARRIVARE) no particípio passado.

Nestes dois casos apresentados acima não há muitas confusões... O verbo mangiare sempre vai ter o avere como auxiliar. E o verbo andare sempre vai ter o essere como auxiliar.

Há regras que dizem que verbos de movimento pedem auxiliar essere, que os verbos intransitivos também pedem auxiliar essere. Mas estas duas regras são vagas, cheias de exceções e amplas demais. Não dão conta da complexidade do tema. Por exemplo, SALTARE quer dizer pular. Pular indica um movimento e, além disso, pode também ser um verbo intransitivo. Mas o auxiliar dele não é o verbo essere, e sim o verbo avere. O mesmo acontece com CAMMINARE ( camimhar) Exemplo: Noi abbiamo saltato.(Nós pulamos.)
I ragazzi HANNO CAMMINATO.(Os rapazes caminharam)

Então... como fazer?
Vamos entender que esta história de movimento está mais ligada a um deslocamento do que propriamente a um movimento.

Exemplo:
_ Io SONO CORSA in cucina per spegnere il fuoco. (Eu corri na cozinha para apagar o fogo) = indica um deslocamento de um ponto a outro.
_ Io HO CORSO um chilometro. (Eu corri um quilômetro) = é um movimento, mas é diferente da frase anterior - que indica claramente um deslocamento de um lugar a outro.

_ Io HO FINITO il mio lavoro (Eu terminei o meu trabalho)
_ La festa È FINITA tardi. ( A festa acabou tarde)
Também aqui vemos uma diferença de sentido no emprego do verbo FINIRE. Na primeira frase, eu faço a seguinte pergunta:eu terminei o quê? Resposta: o meu trabalho. Na segunda frase, não é possível fazer a mesma pergunta "o quê?". Neste caso, o verbo é intransitivo.


Também é preciso prestar atenção quando os verbos são reflexivos. Toda vez que o verbo for reflexivo, o auxiliar dele, no tempo composto, é o verbo essere. Finalmente uma regra sem exceção - que maravilha!!!
Então prestem atenção:


Io MI SONO ALZATA alle sei. (Eu me levantei às seis.)
Paolo SI È BUTTATO in acqua. (Paolo se jogou na água.)

Io HO ALZATO il braccio. (Eu levantei o braço)
Paolo HA BUTTATO via i suoi appunti. (Paolo jogou fora as suas anotações.)


No primeiro caso eu empreguei os verbos ALZARSI e BUTTARSI- reflexivos
No segundo caso eu empreguei os verbos ALZARE e BUTTARE - não são reflexivos.

Insomma, carissimi.... bisogna fare attenzione!!!! ( precisa prestar atenção!!)
Conselho: ler, ler, pesquisar, estudar, ouvir e, principalmente, perguntar sempre que houver dúvidas!! Sono qui per aiutarvi (estou aqui para ajudar vocês.)
(postado por Rosane Bardanachvili)
Comentar esta mensagem
Ver comentários (16)
29/01/2011 - FUTURO DO SUBJUNTIVO? NÃO EXISTE EM ITAL...
22/08/2010 - APPRENDI CON PASSIONE II!!! - OFFESE E B...
17/07/2010 - APPRENDI CON PASSIONE 1 - FIGURATI
28/02/2010 - AUMENTATIVO E DIMINUTIVO ( I NOMI E GLI ...
18/12/2009 - AUGURI DI NATALE E CAPODANNO
10/08/2009 - OS PLURAIS - resposta a Rute Mercia
24/09/2008 - OS VERBOS "ESSERE" "VOLERE E "ENTRARE" E...
02/02/2008 - OS VERBOS "ESSERE" E "STARE"
10/08/2007 - "CUI" - COMO USAMOS ESTE PRONOME RELATIV...
18/05/2007 - SÌ - SI - SE
Página 1 de 3