HOME
BRASILUSACANADAARGENTINAURUGUAYPARAGUAYVENEZUELA
Sábado, 25 de Março de 2017
Brasilia: 10:31    Roma: 15:31
> DIRETÓRIOS DE SITES
> NOTÍCIAS
> PROMOÇÕES
> CADASTRE-SE
> COMUNIDADE
HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO
ASSOCIAÇÕES ITALIANAS
INSTITUIÇÕES
FAMÍLIAS
GENEALOGIA
CIDADANIA
MURAL DE MENSAGENS
PESQUISA DE SOBRENOME
> ITÁLIA
REGIÕES ITALIANAS
CALCIO ITALIANO
FÓRMULA 1
SPORT
CINEMA ITALIANO
ARTES & ARTESANATO
MÚSICA
GASTRONOMIA
PIZZA
VINHOS
LÍNGUA ITALIANA
EMILIA-ROMAGNA TURISMO
VIAGGIO
VILLA & CHARME
BIBLIOTECA
SHOPPING ITÁLIA
> SERVIÇOS
OUTRA ECONOMIA
CURSOS ON LINE
DAVINCI
ITENETS
TRADUÇÕES
DICIONÁRIO
TEMPO
MAPA DO SITE
> NEGÓCIOS
CATÁLOGO DE EMPRESAS
BANCO DE CURRÍCULOS
OFERTAS DE EMPREGOS
OPORTUNIDADES
CÂMARAS ITALIANAS
FEIRAS
> ADMINISTRAÇÃO
- 26
Página Inicial de Artes e Artesanato
 

Participe sugerindo temas para serem abordados.

 
12/06/2009 - FONTANA DEI FIUMI
José Odenir nos delicia mais uma com o seu conhecimento, alimentando nossa paixão pela arte e cultura italiana.

Dentre tantas fontes que se pode visitar em Roma, uma não deve deixar de ser vista: a Fontana dei Fiumi, ou fonte dos quatro rios. Um dos mais belos trabalhos do artista Gian Lorenzo Bernini, essa fonte é um espetáculo de criatividade.

Situada na Piazza Navona, próxima à embaixada brasileira, pode-se chegar a pé a partir da Fontana di Trevi ou da Piazza di Spagna, por exemplo. Afinal, você não vai reclamar por caminhar um pouco pelo centro histórico de Roma, vai?

A fonte se situa no centro da praça (muito mais comprida do que larga). O trabalho mostra quatro figuras masculinas gigantescas, com cerca de quatro metros e meio de altura, em cada ângulo. Cada uma representa os maiores rios de cada continente de acordo com os conhecimentos da época. O Ganges, representando o continente asiático; O Danúbio como o maior rio da Europa; O Nilo pelo continente africano e o rio da prata mostrando o continente americano. As figuras foram esculpidas por quatro artistas diferentes, mas seguindo um projeto de Bernini. Assim, podemos observar que o "rio Nilo" possui uma venda nos olhos. Isso significava que a sua nascente era ainda desconhecida, fato que aconteceu somente no século XIX. Outro dado interessante foi a colocação do rio da Prata como maior rio do continente americano. Sabe-se hoje que esse posto é ocupado pelo rio Amazonas.

A parte baixa da fonte apresenta plantas e animais esculpidos de forma brilhante. Um monstro marinho, ali representado, foi usado com trampolim por vândalos (sempre eles!) em 1997, rompendo uma parte da escultura.

Talvez, a história mais interessante envolvendo esse monumento, seja aquela que coloca em prática a rivalidade de dois grandes artistas: Gian Lorenzo Bernini e Pietro Borromini. Os biógrafos, até com certo exagero, os colocam como grandes inimigos. Borromini projetou a Igreja de Santa Inês, também situada na Piazza Navona, em frente à Fontana dei Fiumi. A figura que representa o Rio da Prata foi desenhada por Bernini com uma mão à frente do rosto, num gesto que lembra proteção. Isso foi o bastante para que todos dissessem que aquele movimento era para se proteger de um possível desabamento da igreja projetada por Borromini. Como curiosidade vale a pena citar que Borromini construiu a base oval sobre a qual se encontra a Pietà de Michelangelo. Eram dois gênios.

Em 2007 foi iniciado um trabalho de restauração da Fontana dei Fiumi. Gastou-se mais de 600 mil euros nos trabalhos.

Portanto, em Roma, não esqueça: Fontana dei Fiumi é visita obrigatória. Ande calmamente em torno e não deixe de observar minúcias de uma atração que encanta há mais de350 anos.
Comentar esta mensagem
Ver comentários (5)
20/02/2010 - O BALDAQUINO DA BASÍLICA DE SÃO PEDRO
31/12/2009 - O DAVID DE MICHELANGELO
17/09/2009 - O INCRÍVEL PANTEON
13/04/2009 - O MOISÉS DE MICHELANGELO
14/11/2008 - O COLISEU
08/10/2008 - AMEDEO MODIGLIANI
01/09/2008 - FONTANA DI TREVI
25/08/2008 - MONA LISA - LEONARDO DA VINCI
28/07/2008 - TARANTELLA
27/09/2007 - A CÚPULA DE SANTA MARIA DEL FIORE
Página 1 de 2
 
 
Página Inicial de Artes e Artesanato