HOME
BRASILUSACANADAARGENTINAURUGUAYPARAGUAYVENEZUELA
Sábado, 29 de Abril de 2017
Brasilia: 22:20    Roma: 03:20
> DIRETÓRIOS DE SITES
> NOTÍCIAS
> PROMOÇÕES
> CADASTRE-SE
> COMUNIDADE
HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO
ASSOCIAÇÕES ITALIANAS
INSTITUIÇÕES
FAMÍLIAS
GENEALOGIA
CIDADANIA
MURAL DE MENSAGENS
PESQUISA DE SOBRENOME
> ITÁLIA
REGIÕES ITALIANAS
CALCIO ITALIANO
FÓRMULA 1
SPORT
CINEMA ITALIANO
ARTES & ARTESANATO
MÚSICA
GASTRONOMIA
PIZZA
VINHOS
LÍNGUA ITALIANA
EMILIA-ROMAGNA TURISMO
VIAGGIO
VILLA & CHARME
BIBLIOTECA
SHOPPING ITÁLIA
> SERVIÇOS
OUTRA ECONOMIA
CURSOS ON LINE
DAVINCI
ITENETS
TRADUÇÕES
DICIONÁRIO
TEMPO
MAPA DO SITE
> NEGÓCIOS
CATÁLOGO DE EMPRESAS
BANCO DE CURRÍCULOS
OFERTAS DE EMPREGOS
OPORTUNIDADES
CÂMARAS ITALIANAS
FEIRAS
> ADMINISTRAÇÃO
- 24
Página Inicial de Artes e Artesanato
 

Participe sugerindo temas para serem abordados.

 
13/04/2009 - O MOISÉS DE MICHELANGELO
Uma vez mais contamos com a colaboração de José Odenir, a quem agradecemos.

Uma visita obrigatória para quem vai a Roma é à Igreja de San Pietro in Vincoli. Embora não seja, em termos de beleza, comparável a alguns templos que impressionam os turistas, essa igreja abriga em seu interior uma das mais belas e importantes obras dentre tantas que se encontram na cidade eterna. Depois de subir alguns degraus e caminhar em direção ao altar, ali à direita, quase no fim do corredor, está uma das esculturas mais incríveis do renascimento italiano. Obra do mestre Michelangelo Buonarotti para o túmulo do papa Júlio II que encanta pela exuberância de detalhes, o Moisés.

Esse trabalho foi o que mais trouxe problemas para Michelangelo ao longo de sua vida. Desde seu contrato com o papa Júlio II até sua conclusão foram mais de trinta anos. As sucessivas mudanças no projeto inicial e as brigas judiciais com os herdeiros do pontífice atrasaram a confecção daquele que seria o túmulo de Júlio II.

Inicialmente o túmulo teria três andares ornados com quarenta estátuas em mármore e relevos em bronze, com uma planta de 7 x 11 m. O Moisés seria esculpido juntamente com São Paulo, uma vez que ambos receberam a visão de Deus.

A princípio o papa Júlio II se entusiasmou com o projeto, tanto que ordenou a Michelangelo que partisse para Carrara para escolher o mármore para esse fim. Michelangelo passou oito meses escolhendo, contratando e transportando em embarcações e animais o material mais bonito que encontrava até à Praça de São Pedro, no Vaticano. O material era tão bonito que se tornou uma atração popular admirá-lo.

O papa, talvez pela demora ou por conselhos de Donato Bramante, o arquiteto mais famoso da época e sabidamente desafeto de Michelangelo, perdeu o interesse pelo túmulo e resolveu se dedicar à construção de uma nova e majestosa igreja (a atual basílica de São Pedro).

Michelangelo, lógico, ficou muito aborrecido e partiu de Roma. Retornou dois anos depois imaginando poder retomar o serviço, mas o papa Júlio II o convenceu a fazer um trabalho que ele inicialmente se recusou, mas depois aceitou. Embora tivesse tentado convencer Júlio II que não era pintor, resolveu encarar o desafio de pintar (com a técnica dificílima do afresco) uma área correspondente a duas quadras e meia de tênis, o teto da Capela Sistina. Essa foi, talvez, sua obra mais famosa e que despendeu mais sacrifício.

Pouco tempo depois morre o papa Júlio II e os papas que o sucedem colocam obstáculos para a conclusão do Moisés. Michelangelo escapa para Firenze e declara que: "O Moisés é a tragédia da minha vida". Os herdeiros de Júlio II ameaçam Michelangelo com ações judiciais.

O papa Paulo III, que havia contratado Michelangelo para afrescar o "Juízo Final" na parede situada atrás do altar da Sistina, convencido de que Michelangelo se encontrava em má situação com os familiares do falecido Júlio II, os convence a aceitar a proposta de Michelangelo, ou seja, ao invés do projeto inicial completo ele faria apenas a estátua do Moisés.

Os anos se passaram. Michelangelo tinha 30 anos à época do contrato, agora com 70 anos se entristecia ao ouvir as acusações dos herdeiros de seu contratante que diziam: "Ao invés de um soberbo mausoléu, o trabalho ficou reduzido a uma mísera parede". Essa mísera parede é um dos mais espetaculares trabalhos de escultura já realizados pelo gênio humano.

O Moisés é representado em posição sentada, com gigantesca barba que, segundo Vasari, parece ter sido feita a pincel e não com um cinzel, com a cabeça voltada para a esquerda. O pé direito toca o chão, enquanto a perna esquerda está elevada sustentada pela ponta do pé tocando a base. O braço esquerdo está solto no colo e o direito segura as tábuas da lei enquanto a mão acaricia a longa barba. Dois pequenos "chifres" que saem de sua cabeça são uma referência à citação bíblica de que Moisés, ao descer do monte Sinai teria dois raios que partiam de sua fronte.

A história que sempre ouvimos que Michelangelo teria batido com o martelo no joelho de Moisés e dito: "Perché non parli!?" (porque não falas?) é certamente inverídica. Quem ler um pouco sobre a vida e obra desse mestre vai ter certeza que ele não mutilaria uma obra que o agradou tanto apesar do sofrimento para chegar ao seu fim. Ele quebrou uma de suas obras (a pietà del duomo de Firenze) porque achava a obra de qualidade duvidosa (na verdade é um verdadeiro espetáculo. Foi restaurada por um de seus alunos).

Quanto ao Moisés, tive oportunidade de fotografar e filmar o joelho bem de perto e não tem resquício de martelada alguma ali.
Sempre que o Portal Itália me dá a oportunidade de falar sobre atrações turísticas italianas insisto para que o visitante leia algo sobre a cidade ou as obras que irá visitar. Esteja certo de que quando se sabe, por pouco que seja, sobre o que se vai ver, a visita é muito mais proveitosa.
Comentar esta mensagem
Ver comentários (6)
20/02/2010 - O BALDAQUINO DA BASÍLICA DE SÃO PEDRO
31/12/2009 - O DAVID DE MICHELANGELO
17/09/2009 - O INCRÍVEL PANTEON
12/06/2009 - FONTANA DEI FIUMI
14/11/2008 - O COLISEU
08/10/2008 - AMEDEO MODIGLIANI
01/09/2008 - FONTANA DI TREVI
25/08/2008 - MONA LISA - LEONARDO DA VINCI
28/07/2008 - TARANTELLA
27/09/2007 - A CÚPULA DE SANTA MARIA DEL FIORE
Página 1 de 2
 
 
Página Inicial de Artes e Artesanato